Arrependido da baixaria, Caiado ameniza discurso e diz que não quis ofender família de Garotinho

O deputado Ronaldo Caiado (DEM) está arrependido e está mais light. Seu discurso já não é o mesmo daquele dia em que detonou o colega de Câmara, Garotinho.

“Eu tenho a tranquilidade de dizer que, se excedi em alguma palavra, foi pela indignação com que eu recebi a sua fala, a maneira como atingiu todo o meu partido, a maneira como, na argumentação, infelizmente, atingiu os colegas de plenário. Cria um clima ruim”, disse Caiado. “Eu não quero agredir nem sua família, nem sua esposa, nem seus filhos. Não quero mesmo”, completou.