Exclusivo: Caiado pode adiar equiparação de salários dos novos PMs prometida na campanha. Piso dos professores também ameaçado

Com a ladainha de que o Estado está quebrado, Ronaldo Caiado tenta preparar o terreno para colocar em prática um duro pacote de maldades contra os servidores públicos.

Um dos principais itens desta canetada contra o funcionalismo seria o adiamento da equiparação salarial dos novos PMs, reiteradamente prometida durante a campanha eleitoral, mesmo com as advertências do governo atual que o caixa não comportaria mais essa despesa.

Caiado preferiu apostar na promessas demagógica. Deu certo. Ele ganhou na eleição, mas agora tem dificuldades para cumprir a palavra empenhada com a categoria.

Pobre dos policiais que acreditaram.