Exclusivo: Caiado não vai mais pagar auxílio-alimentação para servidores que ganham até R$ 5 mil. Festival de maldades continua

O governador Ronaldo Caiado (DEM) segue com o festival de más notícias para os servidores públicos estaduais. Os funcionários do Executivo, que não sabem sequer quando vão receber os salários de dezembro, estão sendo informados nesta segunda-feira de que o benefício não será mais pago. O complemento era feito para quem ganha até R$ 5 mil mensais.

Não está claro se, quando pagar dezembro, o auxílio-alimentação já virá cortado dos salários. O benefício era mais uma das conquistas dos governos de Marconi Perillo e foi implantado no segundo semestre de 2017. Com a desculpa de que precisa arrumar as contas do Estado – uma retórica do caos que não encontra lastros nos balanços fiscais –, Caiado vai cassando um a um os direitos fundamentais dos servidores.