Tempo real: “Servidor não trabalha parcelado”, diz Nilo Sérgio do Sindipúblico

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Goiás (Sindipúblico), Nylo Sérgio José Nogueira Junior, afirma na assembleia geral contra o calote de Ronaldo Caiado (DEM) nos salários de dezembro que o governador frustrou o voto de confiança que recebeu do funcionalismo. “Servidor não trabalha parcelado”, afirmou, em resposta à proposta de divisão do salário de dezembro em oito vezes.

“Os servidores deram um voto de crédito a Caiado e ele responde com salário parcelado, mas o servidor não trabalha parcelado”, disse Nylo Sérgio.  afirma. “A situação imposta pelo governador é a seguinte: ele está fazendo um teste conosco. Ele colocou, com todas as letras, um arreio nas nossas costas, nas costas do servidor, e agora nós é que vamos aceitar ou vamos tirar esse arreio das nossas costas”, disse o presidente do Sindipúblico.

A assembleia geral reúne neste momento 47 associações e sindicatos de servidores em frente à sede da Secretaria da Fazenda (Sefaz), em Goiânia.