Crise na SSP (3): Rodney Miranda deixa a pé oficiais e civis nomeados em áreas de comando da secretaria. Cresce insatisfação interna com gestão do forasteiro

Entre as medidas adotadas pelo secretário forasteiro da Segurança Pública, Rodney Miranda, que chocaram as forças policiais está a decisão de recolher os veículos oficiais usados no transporte dos oficiais e civis nomeados para postos de comando na pasta.

Miranda está se deslocando no próprio carro para a SSP e, por tabela, decidiu deixar a pé também os seus auxiliares diretos. Para fazer valer sua decisão, o secretário determinou que o recolhimento dos carros seja monitorado e que os casos de descumprimento da medida sejam informados ao gabinete.

O recolhimento dos veículos e a criação de uma estrutura informal do cumprimento da medida é resultado da visão fiscalista do governo Ronaldo Caiado (DEM) ao viés punitivo da gestão de Rodney. Uma grande perda tempo, enquanto a violência dá sinais de escalada no Estado.