Presidente da Faeg: “Goiás e a sociedade goiana não merecem o tratamento que a Enel está dando”

A relação entre a Faeg e a Enel está estremecida. O presidente José Mário lembra que o principal objetivo com a venda da Celg era o investimento do setor energético goiano. “Queremos uma resposta para saber o que falta para começar esses investimentos. Em conversas informais, eles [Enel] alegam que têm dinheiro para investir. Se tem o dinheiro, o que é que falta para começar esses investimentos? Goiás e a sociedade goiana não merecem o tratamento que a Enel está dando”, afirma.