Presidente da Fieg acusa Caiado de estar promovendo a “desindustrialização” de Goiás

Assim como os servidores, os prefeitos, os usuários da Saúde e das estradas, os empresários também não estão nada satisfeitos com Caiado.

O presidente da Fieg, Sandro Mabel,  reclama do cenário político goiano, com o governo promovendo cortes nos incentivos fiscais e a Assembleia com CPIs que tratam da mesma questão, que afugentam potenciais investidores. Diz que Goiás corre o risco de viver uma “desindustrialização”.