Adial se acovardou no debate e permitiu a criação de ambiente totalmente hostil aos incentivos fiscais

Criada com o objetivo de defender a política de incentivos fiscais, a Adial falhou na principal missão dela no primeiro ataque que sofreu.
Caiado abriu guerra contra os benefícios, a entidade acorvadou-se, não mostrou à sociedade os benefícios dos incentivos ao Estado e perdeu o apoio da opinião pública.
A covardia da Adial vai custar caro.
Os benefícios estão sob intenso ataque de Caiado e hoje a sociedade o apoia.
Por conta da pusilanimidade da Adial, que revelou incapaz e incompetente para articular a reação do poderoso setor às investidas e até injúrias à política em questão.