Desestímulo na tropa dos Bombeiros se reflete até na página no Facebook, que tem pouca interação

O leitor já viu aqui no 24Horas que nesta gestão de Caiado a tropa dos Bombeiros não anda muito animada. Uma das razões, talvez a mais forte, é o comando do coronel Dewislon Adelino, que não caiu na graça dos agentes. Nos bastidores, Dewislon é avaliado como personalista demais e, por vezes, autoritário. Publicamente e até nas redes sociais, os servidores evitam falar algo mais crítico do comandante por temer punições.

O desestímulo da tropa pode ser visto até na página do Facebook da corporação, que tem pouca interação. Nem os próprios agentes andam interagindo nas redes.