Artistas entraram na onda do leilão fake para o Materno Infantil. Agora que a criança morreu, quem vai ajudar?

Convocados pela primeira-dama Gracinha e pelo governador Caiado, diversos artistas goianos e de fora do Estado fizeram propaganda para o leilão fake dos carros da Hyundai. O dinheiro arrecadado, menos de R$ 400 mil, foi doado para o Materno Infantil numa tentativa de Caiado de fazer marketing e atacar os governos passados.

Claro que esse dinheiro não resolveu o problema do hospital. Nesta semana, uma criança de 5 anos morreu esperando atendimento no corredor do Materno. Será que agora esses artistas vão ajudar?