Jornal Argumento: Caiado quebra promessa de campanha com festival de blitzen inconstitucionais; PM usurpa função ao cobrar imposto

Uma equipe de reportagem do Jornal Argumento acompanhou nas ruas neste fim de semana o festival de blitzen promovido pelo governo Ronaldo Caiado para multar os condutores com IPVA atrasado.

O texto relata que as batidas, realizadas pelo efetivo da Polícia Militar, deveriam, por ler, ter a presença de agentes da Secretaria da Fazenda. Não foi o que a reportagem verificou nas ruas. Por isso, afirma o Jornal Argumento, a operação constitui usurpação de função pela PM e ação inconstitucional.

“Se já não bastasse a quebra da promessa, feita pelo então candidato Ronaldo Caiado, que prometeu acabar com os exageros, o governador quebrou o compromisso e aumentou o efetivo do Batalhão Rodoviário da Policia Militar que realiza a fiscalização do IPVA. A Policia Militar não tem poder de agente arrecadador da Fazenda, e, por isto, não pode apreender veículos”, diz o texto.