Materno interditado: leilão fake organizado por Caiado não serviu para nada

O leilão fake de dois carros que eram usados pela governadoria não ajudou em nada o Materno Infantil. O dinheiro arrecadado, pouco mais de R$ 320 mil, pelo jeito nem foi aplicado; já que as condições do hospital são péssimas. A unidade foi interditada por auditores fiscais do trabalho da Superintendência Regional do Trabalho em Goiás (SRT/GO).

Uma vergonha para o governo Caiado.