Suspeita de contrato irregular: Ministério Público aciona prefeito Paulo do Vale

Sob suspeita de ilegalidade em um contrato de R$ 1,4 milhão, celebrado entre a Prefeitura de Rio Verde e a empresa Dener Ferreira Borges- ME, o prefeito Paulo do Vale (MDB), foi acionado pelo Ministério Público de Goiás para apresentar os documentos de contratação dos serviços. A microempresa Dener Ferreira Borges, segundo consta em prestação de contas, também fez a contabilidade e foi um dos doadores de campanha do atual prefeito.

Ver mais

É bom que Daniel Vilela não saiba, mas Paulo do Vale está com Caiado em Morrinhos neste sábado

O prefeito de Rio Verde, Paulo do Vale, que é o mais caiadista entre todos os políticos do PMDB de Goiás, está no encontro da Frente Unida de Oposição (sem o PMDB Vilelista) que acontece neste sábado, em Morrinhos. Se o deputado federal Daniel Vilela, souber, certamente perderá a fome e dispensará o churrasco deste sábado. 

Ver mais