Ta complicando, Paulo Garcia: estudantes marcam novo protesto para dia 20, no centro de Goiânia

Agora não mais isoladamente, mas articulados com o movimento nacional de protesto contra o aumento das tarifas do transporte coletivo, que já se desdobrou em ação reivindicatória de tarifa zero e mais qualidade para o serviço, os estudantes goianienses marcaram novo evento de rua para a próxima semana.

Segundo o jornal O Popular, manifestantes de Goiás, Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Norte, organizam, pelas redes sociais, para a próxima quinta-feira, 20, um “ato nacional” com mobilizações simultâneas contra o aumento da tarifa.

Em Goiânia, a concentração está marcada para às 17 horas, na Praça do Bandeirante, Setor Central.

As redes sociais já estão infestadas de banners convidando para o protesto.

Com uma novidade: os estudantes querem agora que a passagem deixe de ser cobrada na capital pelo mesmo período em que foi cobrado a tarifa de R$ 3, ou seja, cerca de 20 dias.

 

LEIA MAIS:

“Especialista” que TV Anhanguera entrevistou e disse ser difícil devolver tarifa cobrada a mais é advogado do Setransp

Essa é boa: Paulo Garcia está “preocupado” com o transporte coletivo, segundo a entrevista ao DM

Aumento da passagem de ônibus de Goiânia para R$ 3 reais, de 11,11%, foi o maior do Brasil

Usuário que comprou bilhete antecipado por R$ 3 não será ressarcido. Isso é um roubo?

Jogo de cartas marcadas a favor das empresas: CMTC quer manter tarifa a R$ 3,00 em troca do Ganha Tempo

Paulo Garcia continua a fugir das críticas e perguntas sobre tarifa e transporte

Em uma única declaração, prefeito diz que respeita e que não respeita as manifestações populares

Estudantes fazem protesto pacífico nas ruas do Centro e culpam Paulo Garcia e CMTC pelo aumento da tarifa