URGENTE: TCM aponta apropriação indébita de dinheiro da saúde na prefeitura de Pirenópolis

Informação urgente e exclusiva do Goiás 24 Horas: o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) concluiu a análise dos balancetes do Fundo de Saúde da prefeitura de Pirenópolis em 2018 e concluiu que houve “apropriação indébita de depósitos e consignações”. O Tribunal aplicou multa e recomendou que o prefeito João do Léo (DEM), aliado do governador Ronaldo Caiado (DEM), coloque servidores efetivos na gestão do Fundo. O acórdão é de 20 de agosto de 2019. O relator foi o conselheiro Daniel Goulart.