AD

Guedes diz não a governadores e afirma que pacote de socorro a estados é “irresponsabilidade fiscal”

O ministro da Economia, Paulo Guedes, classificou nesta segunda-feira (13/04) como “irresponsabilidade fiscal” o texto, a ser votado nesta tarde pela Câmara dos Deputados, do projeto que estabelece auxílio financeiro a estados e municípios durante a pandemia do novo coronavírus.

“Seria uma irresponsabilidade e um incentivo perverso dar um cheque em branco para governadores de estados mais ricos, pois não sabemos quanto tempo vai durar esta crise de saúde”, disse o ministro à emissora CNN.