Gabinete do ódio e perseguição a adversários também derreteram imagem de Caiado

A imagem do governador Caiado está desgastada. Matéria do jornal O Popular mostrou que a popularidade de Caiado despencou nos últimos meses nas redes sociais. O Goiás24horas lembrou de outros dois fatores que ajudaram nessa queda: o famigerado gabinete do ódio e a perseguição a adversários.

Foi revelado que a estrutura do governo mantém uma “equipe” especializada em atacar a honra de oposicionistas, principalmente jornalistas, prefeitos e deputados. O chamado “gabinete do ódio” tinha – ou tem – como alvos principais os deputados Major Araújo e Humberto Teófilo. Tudo sendo operado de dentro do Palácio, com sinal verde da cúpula do governo.

A perseguição pesada aos adversários também queimou Caiado. Viraram rotina operações policiais espetaculosas em busca de supostas provas. Tudo para desgastar jornalistas de oposição e integrantes do governo passado.