Loteamento de Samuel Belchior em Goianésia está repleto de irregularidades e foi denunciado ao MP

O loteamento Jardim do Cerrado, em Goianésia, que tem entre os seus proprietários o incorporador imobiliário Samuel Belchior, que também é deputado estadual e presidente regional do PMDB, foi denunciado ao Ministério Público por compradores que se declaram ludibriados.

O Ministério Público já chamou o deputado para prestar esclarecimentos.

Um dos problemas mais graves do loteamento é que a largura das ruas não obedeceu ao Plano Diretor de Goianésia. Outro é que parte do loteamento fica fora do perímetro urbano da cidade, já na zona rural, o que agrava o fato de que a área de lazer do empreendimento fica dentro de uma zona de preservação ambiental – que foi desmatada.

Parte dos compradores pretende acionar os donos do loteamento para recuperar o dinheiro investido.