Daniel levou Adib e Paulo do Vale a Temer e, eles, em retribuição, fizeram deputado de trouxa e festa para Caiado

Para votar em favor do arquivamento da denúncia de corrupção contra Michel Temer, o deputado federal Daniel Vilela (PMDB) exigiu que o presidente recebesse, na véspera, dois prefeitos do PMDB: Paulo do Vale (Rio Verde) e Adib Elias (Catalão). Daniel imaginava que, ao viabilizar as audiências, construiria pontes com Adib e Paulo e os afastaria do senador Ronaldo Caiado (DEM).

Doce ilusão. Paulo e Adib continuam a conspirar contra Daniel no PMDB mesmo depois do agrado feito pelo deputado. No dia 5 de agosto, Paulo transformou a solenidade em celebração aos 169 anos de Rio Verde em festa para Caiado. No último sábado, Adib fez o mesmo com o aniversário de Catalão.

Em Rio Verde, Danielzinho foi convidado e participou da solenidade com um baita sorriso amarelo no rosto. Em Catalão, as aparências foram deixadas de lado e o deputado sequer foi convidado pelo prefeito.

Fizeram Daniel de trouxa.