Presidente da Saneago, Jalles Fontoura descarta racionamento de água na Grande Goiânia

Em entrevista ao jornal O Popular desta quinta-feira, o presidente da Saneago, Jalles Fontoura, descartou medidas radicais, como racionamento de água, em função da crise hídrica que hoje existe na grande Goiânia. “De jeito nenhum. Já falei isso várias vezes e reafirmo. Não tem racionamento porque o Mauro Borges chegou”.

Mauro Borges é o nome da Estação de Tratamento de Água (ETA) que entra em operação no próximo sábado, com a promessa de captar 500 litros de água por segundo direto do ribeirão João Leite. “O Mauro Borges vai zera o déficit, a falta de água, mas o Meia Ponte continua sendo fundamental”, afirma. Do Meia Ponte hoje sai 58% da água que abastece a região metropolitana.