Kajuru, sobre assessor de Dona Iris que ataca Câmara: “Jagunço desta chumbrega”

“Jagunço desta chumbrega chamada Dona Iris”. Foi esta a maneira pouco elogiosa que o vereador Jorge Kajuru (PRP) escolheu para se referir a Eneas Rodrigo Fernandes do Prado (nome artístico: Rodrigo di Prado), que – supostamente a mando da primeira-dama, Dona Iris – lançou-se, nas últimas semanas, numa dura campanha contra vereadores que resistem ao aumento de IPTU em Goiânia.

Além de posts no Twitter, Rodrigo também assina um artigo publicado no Diário da Manhã desta segunda-feira em que afirma que a cidade precisa de vereadores “mais responsáveis”. O artigo assinado (mas não necessariamente escrito) por Rodrigo ataca principalmente a vereadora Sabrina Garcêz (PMB), que um dia antes, no mesmo jornal, traçou um diagnóstico preciso sobre os nove primeiros meses de Iris Rezende (PMDB) como prefeito.

Kajuru pediu a demissão imediata de Rodrigo, que está lotado na prefeitura com cargo de assessor CDS-3 da Secretaria de Comunicação e que recebe salário de R$ 3.618. Como é improvável que o rapaz saiba o significado da palavra “chumbrega”, usado por Kajuru para se referir à suposta patroa dele, o blog esclarece: chumbrega é algo de má qualidade, ordinário, BREGA, reles.

Abaixo, o decreto que nomeou Eneas Rodrigo na prefeitura:

[vejatambem artigos=” 65282,65264 “]