Em ritmo de campanha, Bolsonaro ataca Lula e afirma que Brasil precisa dele

Durante uma palestra em Belém (PA), o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) insinuou que o próximo presidente da República deve ser alguém com características semelhantes às dele. Em vídeo publicado no Facebook, Bolsonaro afirma não estar em campanha, mas “sugeriu” como deverá ser o próximo presidente.

“O Brasil precisa de um presidente honesto, que tenha Deus no coração, que seja patriota, que tenha 1,86 m de altura e que torça para o Botafogo, no Rio de Janeiro, e pelo Palmeiras, em São Paulo”, disse.

Presidenciável, ele foi convidado pelo colega de Câmara, deputado Elder Mauro (PSD-PA) para uma “visita oficial” ao Pará. Ao desembarcar no aeroporto, foi aclamado por gritos de “mito” por pessoas que o aguardavam.

A todo momento, Bolsonaro se portou como se estivesse em campanha. Participou de uma carreata e fez 1 discursou em cima de 1 trio elétrico. Saudou a Polícia Militar, defendeu a posse de arma de fogo e fez criticas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A propaganda eleitoral para as eleições de 2018 ainda não está permitida. Caso realmente se candidate, Bolsonaro pode ser punido por campanha implícita ou explícita antecipadamente.