“Marconi foi um grande governador e é um líder leal”, afirma FHC

Presidente de honra do PSDB, o ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso não economizou elogios ao ex-governador de Goiás Marconi Perillo na Convenção Nacional do PSDB, que foi realizada em Brasília. Competente, batalhador e leal foram alguns dos adjetivos usados por FHC para falar de Marconi.

“Eu conheço de perto o Marconi. Errei uma vez. Ele [Marconi] queria ser candidato ao governo e eu queria que ele fosse a deputado pra gente não perder um grande deputado. Ele foi um grande governador e leal”, afirmou Fernando Henrique Cardoso. Acompanhado do governador José Eliton, Marconi e FHC tiveram um bate-papo descontraído nos bastidores da confirmação da candidatura de Geraldo Alkimin na disputa pela presidência.

Vice-presidente nacional do PSDB, o ex-governador Marconi Perillo presidiu neste sábado, em Brasília, a convenção do partido que confirmou o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin candidato a presidente da República em aliança com o Centro Democrático. Mais de 2 mil convencionais participaram do encontro tucano, realizado entre 9h às 13h, no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), em Brasília, com transmissão ao vivo pela internet, na página de Alckmin no Facebook.

“Nós fomos capazes de montar a melhor aliança do país. Temos o melhor candidato à presidência da República, disparadamente, teremos o melhor programa de governo, vamos para o segundo turno e vamos ganhar as eleições”, disse Marconi na abertura da Convenção Nacional. No encontro, a senadora Ana Amélia Lemos, do Progressistas do Rio Grande do Sul, foi confirmada como candidata a vice-presidente na chapa de Alckmin, também em votação referendada por Marconi. O anúncio do nome da parlamentar ocorreu na quinta-feira, dia 2.

Marconi foi essencial para a consolidação do apoio dos partidos do Centro Democrático, o Centrão, (DEM, PP, PR, SD E PRB) a Alckmin. “Geraldo Alckmin, com toda sua experiência, tem todas as condições de vencer às eleições. Temos o melhor candidato e um bom plano de governo. Geraldo Alckmin para o bem do Brasil”, defendeu o ex-governador Marconi Perillo.

Além da convenção nacional, o PSDB também teve neste sábado cinco convenções estaduais no Acre, no Amazonas, em Pernambuco, no Maranhão e no Mato Grosso do Sul. Amanhã, serão realizadas as últimas 10 convenções da legenda, no Pará, na Paraíba, no Piauí, em Rondônia, no Rio Grande do Sul, no Tocantins, em Alagoas, no Distrito Federal, em Goiás e no Mato Grosso.