(URGENTE) Situação é tensa no Complexo Prisional: mães de detentos relatam tortura e pedem ajuda da OAB e Direitos Humanos

É muito tensa a situação no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia. Detentos estão fazendo um protesto contra o governo recusando a alimentação fornecida pela Secretaria de Administração Penitenciária. Mães e advogados relataram ao 24Horas, por meio de áudios, que agentes e grupos táticos da PM, estão invadindo os blocos e “descendo o pau” nos detentos, tirando alimentação, água e outros pertences. Há até relatos de tortura.

Casa de Vidro foi lançada duas vezes, uma por Iris e outra por Paulo Garcia. Mas nada foi feito

Casa de Vidro foi lançada duas vezes: uma em 2008, quando o prefeito de Goiânia era Iris Rezende, e outra em 2010, com Paulo Garcia já no comando do Paço Municipal. Mesmo assim, nunca saiu do papel.Segundo o jornal O Popular, o local destinado à obra, perto do Shopping Flamboyant, cercado por tapumes metálicos, revela apenas um esqueleto de concreto, térreo, cercado de mato.

Ver mais

Wolmir Amado, reitor da PUC Goiás, caiu na conversa fiada da Casa de Vidro e fez até elogios à obra – que não saiu do papel

A solenidade de lançamento da Casa de Vidro, em dezembro de 2010, foi concorrida. A Prefeitura de Goiânia mobilizou até o reitor da Universidade Católica de Goiás, Wolmir Amado, que compareceu e, ingenuamente, fez elogios ao projeto – que até hoje, três anos depois, não saiu do papel. No lançamento, um representante de Paulo Garcia disse que a Casa de Vidro seria entregue em 10 meses.

Ver mais

PT: o primeiro partido mundo com a cúpula instalada em um presídio. Vem aí o “núcleo da Papuda”

Supremo Tribunal Federal deve determinar, na semana que vem, que todos os mensaleiros condenados cumpram pena no sistema prisional de Brasília. Isso significa a criação do “núcleo da Papuda”, nome do principal presídio brasiliense, que teve uma ala reformada para receber a quadrilha de José Dirceu & Cia. O PT passa a ser o primeiro partido do mundo com a cúpula trancafiada no xadrez.

Ver mais