Funcionários do Crer já se mobilizam contra corte ilegal em benefícios salariais

Na manhã desta segunda-feira, funcionários do Crer fizeram uma espécie de mobilização para conversar com a direção do hospital e protestar contra o corte ilegal em benefícios salariais. Por enquanto, o atendimento continua normal, mas uma greve não está descartada. Já é oficial que haverá corte em verbas trabalhistas para várias categorias. Os funcionários afirmam que o corte é ilegal e o contrato de trabalho não pode ser alterado de maneira unilateral. A Organização Social Agir é quem administrar o Crer, o Hugol e a Colônia Santa Marta, onde os cortes também devem acontecer.

Veja matéria da TV Anhanguera