Em entrevista no Popular, Daniel Vilela mexe em vespeiro ao fazer defesa cega da reforma trabalhista, acusada de retirar direitos dos trabalhadores

Nacional

O deputado federal Daniel Vilela é o presidente da Comissão que vai discutir a polêmica Reforma Trabalhista. O principal ponto da reforma debate sobre a soberania dos acordos coletivos entre empresas e trabalhadores sobre a Legislação. Os sindicatos e associações não têm esta convicção de que tudo é uma maravilha na reforma.

Nem Romaria do Senhor do Bonfim nem avenida Paulista adiantaram: pesquisa aponta Caiado em último lugar para presidente, com ridículos 1,6% das intenções de voto

Nacional

Nova pesquisa do instituto Paraná, avaliando candidaturas à Presidência da República em 2018, traz o senador Ronaldo Caiado, do DEM, em último lugar, com meros 1,6% das intenções de voto. Pelo visto, não adiantou o esforço midiático do senador, que foi à romaria do Senhor do Bonfim, em Salvador, e apareceu o quanto pôde nas manifestações na avenida Paulista, atrás dos holofotes.

Em depoimento, ex-senador Delcídio do Amaral diz que Lula incentivou CPI do Cachoeira como uma espécie de vingança para atingir Marconi e outros líderes da oposição

Goiás, Nacional

O ex-senador Delcídio do Amaral prestou depoimento na tarde desta quinta-feira (16), na 7ª Vara da Justiça Federal do Rio de Janeiro no processo originário da Operação Saqueador. Delcídio confirmou que a CPI do Cachoeira foi incentivada por Lula para atingir o governador Marconi Perillo e outros líderes da oposição em Goiás. O problema é que as investigações foram mostrando que o PT seria alvo. Delcídio ainda falou que existia um “ranço” com Marconi Perillo da época do mensalão.

Vice-prefeito de São Paulo, Bruno Covas cita Marconi como um dos nomes do PSDB para a presidência da República

Goiás, Imprensa, Nacional

O vice-prefeito de São Paulo, Bruno Covas, falou sobre os nomes do PSDB para a disputa presidencial de 2018, em entrevista ao site da revista Veja. O neto de Mário Covas citou o governador de Goiás, Marconi Perillo, como um dos “nomes excelentes” do partido para o pleito.

Nova Lei das Teles, de Daniel Vilela, pode ser barrada na Justiça se for mesmo sancionada pelo governo. Lei repassa patrimônio bilionário às empresas de telefonia

Goiás, Nacional

STF determinou que projeto de lei volte ao Senado para discussão. Para Marcos Dantas, professor titular da Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro, o projeto será contestado na Justiça caso se torne lei da forma como se encontra. Elaborado pelo deputado goiano Daniel Vilela, o texto dá um presente bilionário para as empresas de telefonia e ainda isenta as teles de pagar multas também bilionárias.

Em Goiânia para reunião do Fórum do Brasil Central, Alckmin diz que Marconi é o “governador do desenvolvimento e da inovação”

Goiás, Nacional

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, está em Goiânia para participar das reuniões do Fórum do Brasil Central, liderado por Marconi Perillo. O primeiro compromisso do grupo de governadores foi na noite desta quinta-feira, no Palácio Pedro Ludovico, para assinatura de protocolo de preservação ambiental que envolve São Paulo, Goiás e a mineradora Votorantim, na cidade de Niquelândia.

Daniel Vilela voltou das férias, apareceu na mídia, mas ainda não explicou, em detalhes, o projeto de sua autoria que doa bilhões às teles

Goiás, Nacional

O projeto, que estava para ser sancionado pelo presidente Michel Temer, acabou sendo engavetado porque o STF entrou na jogada. Daniel Vilela deu uma disfarçada, pegou umas férias e zarpou. Voltou semana passada e visitou o prefeito Iris Rezende. O que o filho de Maguito Vilela ainda não fez foi explicarm em detalhes, o porquê de ter feito um projeto tão bizarro.

Encontros e audiências com prefeitos e primeiras-damas, liderados por Marconi e Valéria, repercutem na mídia nacional

Goiás, Imprensa, Nacional

No domingo (29), a Coluna do Estadão, do jornal O Estado de S.Paulo, deu destaque para o evento, colocando uma foto de Marconi e lembrando que os trabalhos sociais foram a pauta principal do encontro das primeiras-damas. Governador já recebeu quase 200 prefeitos em audiências individuais.

Revista Veja: Marconi pode ser vice de Alckmin em chapa puro sangue do PSDB para a presidência da República

Goiás, Nacional

Os governadores Marconi Perillo e Geraldo Alckmin se encontraram em São Paulo na semana passada. Várias pautas foram discutidas e, claro, eles falaram da disputa presidencial de 2018. A coluna Radar, da revista Veja, diz que os dois trataram de uma chapa puro sangue do PSDB: Alckmin candidato a presidente e Marconi como vice.

De olho no apoio do PTB em 2018, Daniel Vilela anuncia apoio a Jovair Arantes na eleição para presidente da Câmara dos Deputados

Goiás, Nacional

Ciente de que o relacionamento entre o PTB e o governador Marconi Perillo (PSDB) está estremecido há dois anos, o deputado federal Daniel Vilela (PMDB) deu hoje mais um passo com o objetivo de ampliar a sua base de apoio para a disputa ao Governo do Estado, em 2018: declarou apoio à candidatura do deputado federal goiano Jovair Arantes (PTB) à Presidência da Câmara dos Deputados.

Caiado assume: quer ser presidente. Na primeira tentativa, em 1989, faltaram votos: teve apenas 0,72%, ou 488.846 sufrágios, e ficou em um humilhante 10º lugar

Goiás, Nacional

Ronaldo Caiado confirma ao Diário da Manhã, nesta quarta-feira, que quer tentar mais uma vez a presidência da República, embora não tenha, por enquanto, nem o apoio do seu partido, o DEM. Em 1989, Caiado foi candidato ao Palácio do Planalto, aventura que terminou em fiasco: apenas 0,72% dos votos e um humilhante 10º lugar.

Mais Helvécio Cardoso: “Com reduzidíssimo tempo de TV, carimbado como candidato das forças reacionárias e dividindo o campo da direita com Bolsonaro, chances de Caiado para presidente são mínimas”

Goiás, Imprensa, Nacional

Ronaldo Caiado quer, mas suas chances como candidato a presidente da República são “mínimas”, escreve o jornalista Helvécio Cardoso na página 11 do Diário da Manhã, nesta terça. Na sua análise, nem mesmo entre as forças mais reacionárias do país o líder ruralista tem apoio, a exemplo do que aconteceu em 1989, quando teve apenas 0,5% dos votos para presidente.

Helvécio Cardoso: “Se Caiado for candidato a presidente, não terá votos no Rio de Janeiro. Afinal, por que os cariocas votariam em alguém que não gosta de samba?”

Goiás, Nacional

As críticas do senador Ronaldo Caiado ao samba-enredo da Imperatriz Leopoldinense, que culpa o agronegócio pelo desmatamento da Amazônia, constituem um grave erro de marketing para quem pretende disputar a eleição para presidente, diz o analista Helvécio Cardoso no Diário da Manhã. Eleitor carioca não vota em quem não gosta de samba.

Caiado vai deixando Goiás para escanteio e já começa campanha para ser candidato a presidente da República

Goiás, Nacional

No Twitter, o parlamentar também externou a vontade de disputar a presidência. Ou seja, Goiás não é mais prioridade para Caiado. “Temos credenciais para poder apresentar um nome e poder disputar uma eleição à Presidência de República. A decisão é da Executiva Nacional”, escreveu ele na rede social.

Revista Época afirma que candidatura de Caiado a presidente da República “não é bem vista dentro do seu próprio partido, que prefere ficar na base do governo Temer”

Goiás, Nacional

A revista Época, de circulação nacional, informa neste fim de semana que o senador goiano Ronaldo Caiado, do DEM, vai percorrer o país para aparecer na mídia, se tornar mais conhecido e viabilizar a candidatura a presidente em 2018. Há um porém: segundo Época, o próprio partido de Caiado, o DEM, é contra.

Sem apoio de Temer,  chances de Jovair Arantes se eleger presidente da Câmara Federal, de zero a 10, correspondem a 0,1% e isso com uma dose cavalar de otimismo

Goiás, Nacional

A candidatura do deputado federal Jovair Arantes, do PTB de Goiás, a presidente da Câmara dos Deputados, é uma aventura quixotesca que não tem chances de prosperar por carecer do fundamental: o apoio do presidente Michel Temer, que prefere a continuação de Rodrigo Maia no cargo. Possibilidades de Jovair Arantes, de zero a 10, não passam de 0,1%, segundo analistas da imprensa nacional.

“Por que Caiado não investiga o Ministério da Agricultura em vez de propor ‘CPI’ para atacar Imperatriz Leopoldinense?”, pergunta jornalista André Trigueiro, da Globonews

Nacional

Senador Ronaldo Caiado (DEM) vai propor uma sessão temática para atacar a escola de samba Imperatriz Leopoldinense, que para o desfile deste ano, no Rio de Janeiro, escolheu o enredo “Xingu, o clamor que vem da floresta”. A escola entrou na alça de mira do senador porque vai criticar a maneira destrutiva como o agronegócio tem avançado sobre a natureza no Brasil.

Em campanha disfarçada para presidente, Caiado vai a Salvador e participa da procissão (8 quilômetros) em homenagem ao Senhor do Bonfim, ao lado de ACM Neto

Goiás, Nacional

Sonhando com uma candidatura a presidente da República, Ronaldo Caiado esqueceu a avenida Paulista e foi para Salvador, nesta semana, onde posou para os fotógrafos participando da tradicional procissão em homenagem ao Senhor do Bonfim – com percurso de 8 quilômetros. Veja os detalhes.

Diário da Manhã: Caiado se considera “figura de apelo nacional”, tanto que só vai a protestos na av. Paulista, e quer ser candidato a presidente pela “direita conservadora”

Clipping, Goiás, Nacional

Ronaldo Caiado quer repetir a aventura de 1989, quando se candidatou a presidente da República e aparecia na televisão montado em um cavalo branco. Segundo o Diário da Manhã, o senador goiano se considera “líder de apelo nacional” e quer representar a “direita conservadora” no pleito. Em tempo: na eleição de 1989, Caiado foi um fiasco: teve apenas 0,5% dos votos.

Novos prefeitos de capitais continuam cortando o número de secretarias. Em Goiânia, Iris está paralisado e não sinaliza nenhuma redução da máquina inchada

Goiânia, Nacional

Reportagem do jornal O Globo apurou que em 14 prefeituras foram cortadas 104 secretarias. Em Goiânia, Iris Rezende (PMDB) não extinguiu nenhuma e a máquina administrativa municipal segue inchada. Para piorar, Iris não nomeou todo o secretariado. Pastas importantes, como a de Trânsito, continuam sem secretários no comando.