Site lista o impacto da terceirização na vida do trabalhador: maior risco de acidente e precarização das condições de trabalho. Foi o que o voto de Daniel Vilela ajudou a aprovar

Goiás, Nacional

O deputado federal goiano Daniel Vilela (PMDB) votou a favor da terceirização irrestrita e ainda é presidente da Comissão da Reforma Trabalhista, que pode trazer ainda mais danos ao trabalhador. Clique aqui e veja os impactos que esta nova lei vai causar na vida do trabalhador brasileiro.

Vassil Oliveira analisa articulação de Marconi rumo ao projeto nacional: governador abre espaços no PMDB e no PSDB tem Alckmin e Doria como aliados

Eleições, Goiás, Nacional

Em seu blog no site Diário de Goiás, o comentarista Vassil Oliveira analisa os passos do governador Marconi Perillo rumo a 2018. Ele destaca a capacidade de articulação do goiano e observa que Marconi tem diálogo até no PMDB nacional.

Deputado Thiago Peixoto assume presidência da Comissão de Cultura e quer mudanças na Lei Rouanet

Goiás, Nacional

Parlamentar goiano é o novo presidente da Comissão de Cultura da Câmara. Ele pretende fazer amplo debate sobre a Lei Rouanet. “Trata-se de um importante instrumento impulsionador da Cultura Brasileira que precisa de uma distribuição mais igualitária. Os setores mais conhecidos merecem atenção, é claro, mas os pequenos também precisam ser ouvidos”.

Voto a favor da terceirização irrestrita deixa Daniel Vilela na mira de mais um vomitaço nas redes sociais. No episódio da Lei das Teles, deputado foi massacrado na internet

Goiás, Nacional

Voto a favor da terceirização irrestrita no mercado de trabalho vai custar muito caro ao deputado goiano Daniel Vilela (PMDB). O filho de Maguito já começou a ser torpedeado nas suas redes sociais. Daniel vem tentando responder, mas é difícil porque a nova lei coloca o trabalhador em situação desfavorável, além de beneficiar o patrão.

Diário da Manhã revela que Caiado, Lúcia Vânia e Daniel Vilela receberam doações de JBS e BRF, empresas envolvidas no escândalo da carne adulterada

Goiás, Imprensa, Nacional

Senador Ronaldo Caiado registrou na sua prestação de contas ao TSE a doação de R$ 150 mil da Brasil Foods (BRF). Lúcia Vânia contabilizou R$ 200 mil da gigante JBS Friboi. O deputado federal Daniel Vilela, do PMDB, recebeu R$ 250 mil da JBS. Essas empresas estão sendo acusadas pela Polícia Federal de pagarem propina para vender carne adulterada.

Jornalista do Diário da Manhã afirma que Daniel Vilela votará a favor da polêmica Reforma da Previdência

Goiás, Nacional

Diário da Manhã lista o deputado Daniel Vilela como um dos que estão a favor da reforma, que vem sendo detonada por sindicatos e sociedade civil. O filho de Maguito ainda é o presidente da Comissão da Reforma Trabalhista, acusada de retirar direitos dos trabalhadores e dar privilégios aos patrões.

Ehh… Goiás, isso aqui é bom demais: economia brasileira volta a esquentar e saldo de empregos criados no Estado no 1º bimestre já é superior à média nacional

Goiás, Nacional

Boa notícia para os goianos: o Brasil voltou a gerar empregos, indicando o fim da crise na economia, com Goiás, como sempre, disparado na ponta. O tabloide O Popular informa, nesta sexta, que as vagas de trabalho criadas no Estado, no 1º bimestre deste ano, são superiores à média nacional. Veja os detalhes.

Sem os holofotes da oposição ao PT, Caiado cria factoide contra o governo estadual, mas toma resposta e se dá mal

Goiás, Nacional

Senador ganhou destaque ao fazer forte oposição aos governos de Lula e Dilma. Com o fim do petismo, Ronaldo Caiado se vê sem palanque. Ao atacar o governo do Estado durante discurso na tribuna do Senado, Caiado levou resposta dura de José Eliton.

Apequenou-se: Caiado leva disputa paroquial de Goiás para o Senado no momento em que a Casa debate temas de relevância, como a polêmica Reforma da Previdência

Goiás, Nacional

A tribuna do Senado foi ocupado na tarde desta quarta-feira por Ronaldo Caiado (DEM). O discurso do senador foi pautado, mais uma vez, pelo processo de venda da Celg. A privatização já foi feita, acompanhada de perto pelo governo federal, e o dinheiro da venda está depositado nas contas do Estado.

Coluna da Veja diz que saída de Sandro Mabel da assessoria de Temer aliviou o Planalto: “usava um poder que não tinha”, diz a revista

Goiás, Nacional

O texto afirma que a saída de Sandro Mabel é um reflexo de como repercutiu mal a forma com que ele vinha usando sua caneta de assessor do presidente. “Temer já foi alertado para acompanhar de perto os despachos de Sandro Mabel. O assessor especial do presidente canta a deputados um poder que não tem: o de decidir sobre convênios milionários com prefeituras”, diz a matéria.

Site Brasil 247 mostra que a cara de pau de Caiado não tem limites: critica Temer em Brasília, mas faz política em Goiás com recursos do governo federal

Goiás, Imprensa, Nacional

A matéria lembra que o senador já rompeu com Michel Temer, mas em Goiás não deixou a passar a oportunidade de capitalizar politicamente os benefícios construídos com recursos do governo federal. O 24Horas já havia alertado para mais essa incoerência de Caiado. Quem não se lembra de Caiado metendo o pau em Iris Rezende durante as últimas duas décadas? Os dois agora são aliados e melhores amigos.

Incoerência em dose dupla: Caiado vive criticando Michel Temer, mas aparece em inauguração de obra federal em Goiás, tentando capitalizar para si o benefício

Goiás, Nacional

Em suas redes sociais, o senador se derramou em elogios ao governo federal e destacou a importância de investir em educação. Usando a terceira do plural, “conseguimos”, Ronaldo Caiado tenta a todo momento capitalizar politicamente o benefício entregue pelo governo Temer, como se fosse ele o grande responsável pela obra.

Senador diz que Reforma Trabalhista será “mais cruel” que a da Previdência. Daniel Vilela é o presidente da Comissão que vai avaliar mudanças relação entre trabalhador e patrão

Goiás, Nacional

Para o senador Paulo Paim, com a priorização dos acordos de trabalho em detrimento da lei trabalhista e a adoção do trabalho por hora, será questão de tempo o fim de direitos como o 13º salário, horas-extras, um terço de férias e FGTS. O deputado federal goiano Daniel Vilela (PMDB) é o presidente da Comissão da Reforma Trabalhista.

Gestões de Iris Rezende e do PT afundaram Goiânia: Capital perde 14 posições no ranking das 100 melhores grandes cidades do Brasil e fica só na 43ª posição

Goiânia, Imprensa, Nacional

Estudo aprofundado da consultoria Macroplan mostra que Goiânia teve grande atraso na última década, período que coincide com as gestões de Iris Rezende (PMDB) e Paulo Garcia (PT). Os pesos dos indicadores e das áreas que compõem o índice foram divididos da seguinte forma: 35,3% para educação e cultura; 35,3% para saúde; 20,6% para infraestrutura e sustentabilidade e 8,8% para segurança. Estudo foi publicado na revista Exame.

Thiago Peixoto diz que incentivos fiscais projetaram Goiás nacionalmente e foram fundamentais para crescimento do Estado: “Esta política precisa de segurança jurídica”

Goiás, Nacional

Para o deputado federal, acabar com os incentivos fiscais de uma só vez iria gerar milhões de desempregados no Brasil. Somente em Goiás, são mais de 500 mil pessoas empregadas em empresas incentivadas. O parlamentar usou a tribuna da Câmara essa semana para cobrar que o Congresso coloque o assunto em pauta de forma urgente.

Estadão diz que projeto do trem Goiânia-Brasília está em fase avançada. Na semana passada, Marconi esteve em Brasília para tratar dos detalhes finais da proposta

Goiás, Nacional

Na semana passada, o governador Marconi Perillo esteve com o diretor geral da ANTT e conferiu de perto os detalhes do projeto final. “O custo total do projeto que ligaria Brasília a Goiânia, em uma viagem de aproximadamente 1h30, está estimado em US$ 8,5 bilhões. Esse valor equivale a cerca de US$ 40 milhões – ou aproximadamente R$ 120 milhões – por quilômetro”, diz a matéria do Estadão.

Em entrevista no Popular, Daniel Vilela mexe em vespeiro ao fazer defesa cega da reforma trabalhista, acusada de retirar direitos dos trabalhadores

Nacional

O deputado federal Daniel Vilela é o presidente da Comissão que vai discutir a polêmica Reforma Trabalhista. O principal ponto da reforma debate sobre a soberania dos acordos coletivos entre empresas e trabalhadores sobre a Legislação. Os sindicatos e associações não têm esta convicção de que tudo é uma maravilha na reforma.

Nem Romaria do Senhor do Bonfim nem avenida Paulista adiantaram: pesquisa aponta Caiado em último lugar para presidente, com ridículos 1,6% das intenções de voto

Nacional

Nova pesquisa do instituto Paraná, avaliando candidaturas à Presidência da República em 2018, traz o senador Ronaldo Caiado, do DEM, em último lugar, com meros 1,6% das intenções de voto. Pelo visto, não adiantou o esforço midiático do senador, que foi à romaria do Senhor do Bonfim, em Salvador, e apareceu o quanto pôde nas manifestações na avenida Paulista, atrás dos holofotes.