Rapaz que defende vandalismo é profissional: em junho, em Brasília, ele estava em depredações e defendia que “pessoas sofrem violência, coisas, não”

Estudante Samuel Silva, detido por envolvimento na depredação de concessionárias e lojas comerciais na Capital, é “profissional” em protestos de rua. Ele participou das manifestações em Brasília e foi para o Facebook defender os atos de violência, sob a alegação de que “pessoas sofrem violência, coisas, não”.

Ver mais

Se a oposição a Marconi for só o vandalismo e a violência, então serão mais quatro anos

O “protesto” realizado contra o governador Marconi Perillo não passou de uma sequência de atos de arruaça e violência. O ato teve apoio do PMDB e do PT, que deram a maior força nas redes sociais. Porém, a sociedade não compactua com aqueles que incitam violência, agressividade, ataque a empresas privadas, falta de propostas e de discussão democrática.

Ver mais

Sem se preocupar com o “protesto dos vândalos”, Marconi entrega obras e anuncia duplicação

Enquanto turma oposicionista estava desnorteada com o fracasso do “protesto” violento de terça, governador fez rush de vistoria de obras, entrega de benefícios e assinatura de ordens de serviço pelo interior. Destaque para anúncio da duplicação do trecho da GO-070, que liga Itaberaí a Itauçu. Marconi ainda recebeu elogios de prefeitos de partidos da oposição.

Ver mais